Search

Gamificação e Game-Based Learning: Conceitos que se complementam

Decorrente da Era Digital em que estamos vivendo é perceptível que os alunos tem grande facilidade de acesso à informações em tempo real. Estes estudantes consomem jogos, vídeos, séries, entre outros, diariamente. A velocidade de informação recebida é muito grande e eles já estão adaptados a este ritmo, então chegar em sala de aula e se depara com um modelo tradicional com apostila, caderno e tarefas no quadro já não é mais o suficiente para mantê-los engajados. Os modelos de ensino usados 10 anos atrás precisam ser reavaliados para abraçar a nova realidade de consumo de mídias.

Quando chega o momento de preparar um plano de aulas, conteúdo didático e pedagógico para turmas é preciso ter em mente o público alvo são crianças e adolescentes das gerações Alpha e Z. É necessário entender que educação e entretenimento devem andar lado a lado para envolver mais o aluno no aprendizado. É preciso se comunicar com o publico de hoje e se tornar mais próximo da realidade deles.

Então, qual a diferente entre Game Based Learning e Gamificação?

Jogos educativos existem a muito tempo. Se alguém procurar por jogos educativos sobre a "Grécia Antiga" ou sobre "Contar até 10", certamente irá achar várias opções. Os jogos educativos são experiências que estimulam o aprendizado de forma ativa. Quando falamos em Game-Based Learning estamos nos referindo ao uso dessas experiências desafiadoras para transmitir um conteúdo especifico de forma envolvente e desafiadora.

Já a Gamificação seria uma camada sobre esses jogos. São técnicas e mecânicas de engajamento e retenção, tradicionalmente utilizada em jogos, que irão estimular o aluno a executar qualquer ação. Esta ação pode ser: assistir um vídeo, ou fazer uma leitura, ou, idealmente, jogar um jogo sobre o conteúdo desejado.

Neste aspecto as técnicas de gamificação devem conectar jogos, tarefas e ações para motivar o aluno no longo prazo, e ainda motivar a execução de tarefas necessárias que as vezes até não são divertidas. No Geppetto, além de todos os jogos que transmitem o conteúdo se alinhando com a metodologia Game-Based Learning, o nosso grande diferencial é o nosso Metajogo. Este metajogo reúne e conecta os jogos, para isso se utiliza técnicas e mecânicas de gamificação. É como se cada um dos nossos jogos fossem tijolinhos facilitando o aprendizado ativo dos alunos e o Metajogo, com suas mecânicas de gamificação, fosse o cimento que conecta todas os tijolos.

Sem esse cimento os jogos ficariam soltos, dificultando a construção do conhecimento. Se como educadores somente reunirmos várias experiências isoladas, sem uma sequência lógica com técnicas de retenção consistentes que motive os alunos a seguir jogando, perdemos um envolvimento mais perene do aluno no jogo. O aluno pode achar um momento numa aula super divertido, mas não tem uma motivação clara e simples pra continuar envolvido no próximo momento.

Mas como construir esses engajamento de longo prazo?


Quando um Game Designer vai começar a criar um jogo o seu primeiro passo é criar o Core Loop, que são baseado em ação, recompensa e progresso. Nesta matéria do blog falamos mais a respeito da Gamificação na Prática: Utilizando game loops como estrutura central do curso. É importante notar que a principal motivação para um aluno se manter no curso, deve ser o aprendizado. Ele deve sentir que está aprendendo e por isso está ali. Essa é a motivação intrínseca do estudante. As técnicas de Gamificação e Game-Based Learning devem facilitar o processo, mas nuca vão substituir um aluno que realmente tem vontade de aprender. E não podemos esquecer que as motivações podem ser diferentes de acordo com os perfis de cada aluno. Alguns alunos são mais competitivos, nesse caso sua motivação é ter mais pontos que o colega, outros tem como motivação ganhar as recompensas para completar um objetivo pessoal. O engajamento acontece quando o jogo consegue atingir o máximo de perfis de estudantes. Falamos um pouco mais sobre perfis e diferentes tipos de motivação na Live que fizemos em parceria com Thiago Barbieri, criador de conteúdo digital, com a Diretora de Produto Geppetto, Aline Cesario.


Confira a conversa rica em experiências e práticas em sala de aula.



A plataforma Geppetto é um mundo virtual online recheado de jogos digitais e atividades lúdicas para crianças e adolescentes aprenderem inglês no seu ritmo, com tecnologia adaptativa e inteligência artificial.


Você ficou curioso para conhecer mais sobre a plataforma Geppetto e também acompanhar continuamente o aprendizado dos seus alunos de maneira fácil e intuitiva?! É simples, rápido e fácil testar gratuitamente na sua escola!


Não perca nenhuma novidade!

Assine nossa newsletter para ficar por dentro dos lançamentos do Geppetto.

Inscrição realizada com sucesso!